Dez

16

O “Brazil” Brasileiro

Posted by Leave a Comment

É quase uma unanimidade, o Brasil é o país do futuro. No entanto, essa frase vem sendo repetida faz 50 anos por governantes de diversas gerações.

Nunca estivemos tão perto e ao mesmo tão longe de nos tornarmos um país de primeiro mundo. Existem diversos aspectos que precisam ser discutidos para que isso ocorra, mas aqui eu vou focar apenas em um ligado ao marketing.

Nossa Imagem está em xeque!! Isso não é uma campanha, pois não sou candidato. Se fosse, seria mais firme nas afirmações contra a chineização da nossa sociedade, mas isso fica para outro post! O fato é que abri discussões no Linked In sobre qual é e como melhorar a imagem do Brasil no exterior.

Depois de quase 170 longos comentários, a opinião é geral. Samba, mulher e futebol ainda predominam vastamente e no âmbito dos negócios alguns tem uma opinião melhor formada. Como resolver este problema?

Precisamos mostrar nosso país por nossa visão, trazendo a tona nosso melhor e tudo isso começa pelo turismo. Este atraí divisas e interesse por parte de empresários e pessoas comuns que investem e gastam aqui, uma vez que percebam as oportunidades que existem.

Chega dos programas de TV a cabo sensacionalistas produzidos por extrangeiros, que os sonorizam com música caribenha e mostram invasões da polícia em favelas como se fossem caçadas na África. É preciso que tomemos o controle sobre a informação e que os empresários percebam que apoiar iniciativas de promoção no exterior, se reverterá em benefícios para seu negócio.

Filmes e produção de material sobre os EUA sempre tem dinheiro e a filosofia de produção transforma guerra e crime em coisas “bonitas” de se ver, sempre mostrando a qualidade que eles desejam transmitir. Somente 5 milhões de turistas visitam o Brasil por ano. Na Itália por exemplo, são 40 milhões.

Esses turistas gastam aqui pouco menos de USD 5 Bilhões, enquanto brasileiros gastam cerca de USD 12 Bilhões no exterior. E por que será? Certamente um problema de imagem e de falta de promoção correta no exterior, aliada a um misto de arrogância e ignorância que assola boa parcela do povo Brasileiro.

Essa combinação nos leva a crer que somos inferiores e a auto afirmação surge com frases como “somos os mais criativos”, “o melhor país do mundo”, etc. Essas verdades que são pregadas pela sabedoria popular são apenas populares, pois de sabedoria não tem nada. Não somos nem melhores nem piores do que ninguém, apenas temos que resolver muitos problemas.

Estive em 20 países e recentemente gravei 2 programas de TV na África do Sul, país mais pobre que o nosso. No entanto, a qualidade dos serviços, a limpeza das cidades, a qualidade dos aeroportos me fez perceber que o Brasil terá que suar muito a camisa para chegar naquele patamar.

Espero que além da infra estrutura, se invista no inglês para que possamos quebrar a barreira de idioma entre nosso país e o mundo. Eu criei um projeto para promoção do Brasil no exterior, mas este depende da iniciativa privada para acontecer. Já obtive apoio de algumas secretarias de turismo.

Tags: ,

Category: Blog, Brasil, Conteúdo, Vídeo

Leave a Reply